Compositores de renome marcaram Lagoa Jazz Fest

Encerrou no passado domingo a 15ª edição do Lagoa Jazz Fest, que abriu no dia 22, com o duo de guitarras Mano a Mano, dos irmãos André e Bruno Santos.

A segunda parte foi preenchida pelo quarteto do saxofonista e compositor Timo Vollbrecht, que divide a sua carreira entre Berlim e Nova Iorque, onde concluiu um mestrado em saxofone de jazz na New York University.

O segundo dia do festival contou com a estreia nacional do mais recente projeto das cantoras de jazz Joana Machado, Mariana Norton e Marta Hugon: ‘Elas e o Jazz’, com João Pedro Coelho ao piano, Romeu Tristão no contrabaixo e André Sousa Machado na bateria.

No dia 24, o Lagoa Jazz Fest proporcionou aos visitantes um momento único de partilha através do projeto de dois instrumentistas brasileiros da nova geração, o pianista João Ventura em diálogo com o baterista Rogério Pitomba.

Para fechar com distinção, estiveram em palco mais de 20 instrumentos, com três músicos multi-instrumentistas: o pianista David Helbock, vencedor do prémio austríaco Outstanding Artist em instrumentos com teclas; Johannes Bär nos metais, trompete, bassflügelhorn, tuba e Beat Box; e Andreas Broger nos saxofones, clarinetes e flautas.

Este festival internacional de jazz teve início em 2003 e realiza-se no Parque Municipal do Sítio das Fontes, em Estômbar-

O Lagoa Jazz Fest é uma organização da Câmara Municipal, com direção de produção de Joaquim Andrés e direção artística de António Palma, e contou este ano com uma média de 500 entradas por noite.

You may also like...

Deixar uma resposta