Fim-de-semana solidário em Lagoa e Carvoeiro

recolha de alimentos (1)

É já este fim-de-semana, 28 e 29 de março que se realiza a segunda campanha de recolha de alimentos organizada pela União das Freguesias de Lagoa e Carvoeiro, a qual vai ter lugar nos supermercados Intermarché, Pingo Doce, Loja GI, Jumbo e Coviran.

Os interessados podem contribuir com arroz, massa, enlatados, leite, bolachas, leite em pó e produtos de higiene pessoal, entre outros bens essenciais.

“Trata-se de uma campanha solidária de proximidade e os alimentos recolhidos serão para ajudar famílias de Lagoa e Carvoeiro. O sucesso da recolha do ano passado permitiu ajudar famílias e crianças que sabemos que muitas vezes não fazem as quatro refeições do dia. Sabemos o quanto foi importante esta ação em 2014. Por isso, peço a todos que voltem a colaborar na recolha, contribuindo com um ou dois bens alimentares, ou com o que puderem”, apela Joaquim João, presidente da União das Freguesias de Lagoa e Carvoeiro, que também vai ser voluntário na ação, tal como todo o elenco do seu executivo.

Os produtos recolhidos serão distribuídos ao longo do ano às famílias mais carenciadas, devidamente sinalizadas pela União das Freguesias de Lagoa e Carvoeiro, que conta com o apoio do Município de Lagoa e participação de diferentes entidades, como a Associação São Vicente Paulo, a Igreja Adventista do 7º Dia, a Igreja Anglicana, os agrupamentos do Corpo Nacional de Escutas de Lagoa e do Carvoeiro, os escoteiros de Lagoa, o Lions Clube de Lagoa e a Fraternidade Nuno Álvares – Núcleo de Lagoa.

recolha de alimentos (2)

Espaço DER prestes a ser inaugurado

A recolha de alimentos é uma de inúmeras ações inseridas no projeto ‘DER – Dar e Receber’, um espaço que, em abril, será inaugurado pela União das Freguesias de Lagoa e Carvoeiro e destinado em exclusivo à ação social.

“Os alimentos recolhidos este ano serão encaminhados para o Espaço DER e aí serão gradualmente distribuídos às famílias carenciadas. Teremos uma funcionária da Junta e um técnico da área social neste local para o apoio e acompanhamento das necessidades das famílias em maior dificuldade. Além disso, estamos a prestes a assinar o protocolo para integramos o movimento “Zero Desperdício”, que diz respeito ao reaproveitamento da comida que normalmente os hotéis, restaurantes e hipermercados deitam fora”, salienta Joaquim João.

You may also like...

Deixar uma resposta