‘Horizontes do futuro’ debate riscos associados às novas tecnologias

António Betâmio de Almeida é o próximo convidado de mais uma conferência integrada no Ciclo ‘Horizontes do Futuro’ que decorrerá no dia 21 de março, pelas 21h30, no Salão Nobre dos Paços do Concelho de Loulé. ‘As novas tecnologias e as pessoas: Ética e riscos associados’ é o tema abordado pelo conferencista.

O convidado fará uma perspetiva histórica e enquadramento dos conceitos ‘Técnica’ e ‘Tecnologia’ e a sua relevância atual, bem como uma breve apresentação do que se consideram ser as novas tecnologias, objeto desta intervenção, nomeadamente no que diz respeito à internet, algoritmos, robots e inteligência artificial, referindo ainda a forma de inserção na sociedade – força empresarial e do mercado.

Por outro lado, o conferencista abordará o ‘determinismo tecnológico’ e o seu enquadramento no contexto social, e quais os desafios e potenciais ameaças para as pessoas (ou derivas sociais), para a democracia representativa e para a civilização humana. As questões éticas e políticas serão então abordadas, tomando como exemplos a possibilidade de regulação e recurso ao Direito nestas matérias.

António Betâmio de Almeida é docente e consultor técnico em diversas áreas da Engenharia (Hidráulica, Energia, Recursos Hídricos e Ambiente). Tem desenvolvido intensa atividade nas áreas da segurança de infraestruturas e dos riscos tecnológicos e naturais.

É Professor Emérito da Universidade Técnica de Lisboa (Instituto Superior Técnico) e membro eleito da Academia de Engenharia de Portugal. Conjugando exemplarmente a vida académica com a atividade profissional, nas quais sempre alcançou a excelência técnica e científica, é uma referência nacional nestes domínios e é reconhecido como um investigador de topo a nível mundial.

De entre os projetos em que esteve envolvido, destaca-se por exemplo, o cargo de diretor do projeto da OTAN (Science for Stability) – Dams and Safety Management at

Downstream Valleys (1994-2000) – projeto inovador de gestão do risco público, com uma equipa multidisciplinar incluindo as ciências sociais o qual influenciou a nova geração de regulamentos de segurança de barragens em Portugal.

É autor ou coautor de diversos livros e de mais de duas centenas de artigos e de comunicações científicas e técnicas. Destaca-se ‘Fluid Transients in Pipe Networks’ (coautoria), editado em 1992 (Menção Honrosa do Prémio Boa Esperança Portugal – Brasil) e ‘Incertezas e Riscos. Conceptualização Operacional’, editado em 1911.

A contribuição para o desenvolvimento das ciências do risco em Portugal mereceu o Prémio Ciência-Dedicação, de 2016, da Associação Portuguesa de Riscos Prevenção e Segurança.

Recentemente tem vindo a interessar-se pelos riscos e ameaças das novas tecnologias (robots e inteligência artificial) na sociedade e na vida quotidiana das pessoas. Neste contexto é membro do Grupo de Ética da AGE-Europe (impacto nas pessoas idosas a nível da União Europeia) e do Grupo Interdisciplinar Direito e Inteligência Artificial da Faculdade de Direito da U. C. de Lisboa.

Esta conferência tem entrada livre.

You may also like...

Deixar uma resposta