Javier Artigas e Ministriles de Marsias encerram Festival de Órgão do Algarve


Xavier Artigas e os Ministriles de Marsias combinam órgão, corneta, bajoncillo, chirimía, sacabuche e bajón em invenciones de glosas, em mais um concerto do Festival de Órgão do Algarve, esta sexta-feira, dia 29 de novembro, às 21h30, na Igreja de Santiago de Tavira.

Já no sábado, dia 30 de novembro, às 21h30, a Igreja da Sé em Faro será palco de uma ‘batalha musical’ com tientos, glosas, pangelinguas e ensaladas, interpretadas pelo organista espanhol e pelo conjunto de instrumentos históricos de sopro habitual nas capelas das catedrais.

Javier Artigas formou-se no Conservatório em Zaragoza em piano, órgão e cravo, estes dois últimos sob a direção de José Luis González Uriol. Realiza com regularidade concertos por Espanha, Europa e Ásia, nos ciclos mais importantes dedicados ao órgão e ao cravo. Realizou gravações para RNE, Radio Clásica e RTVE. Além de ser assessor para o restauro e conservação dos órgãos históricos da Comunidad de Murcia, é coordenador das Jornadas Internacionais de Órgão de Zaragoza e do Festival de Música Antiga de Daroca. A par destas funções é ainda professor no Conservatório Superior de Música de Múrcia, como Chefe do Departamento de Música Antiga e catedrático de órgão e cravo.

Ministriles de Marsias é um verdadeiro conjunto de menestréis, nome dado aos instrumentos de sopro nas capelas das catedrais. O nome do grupo refere-se à disputa entre o civilizado Apollo com a sua harpa e o bárbaro menestrel Mársias soprando na tibia. O grupo é especializado na interpretação de música espanhola, instrumental e vocal, recriando o modelo típico nas capelas das igrejas e catedrais, onde os menestréis eram indispensáveis desde o final do século XV até meados do século XVIII. Os elementos do grupo lecionam música, são membros de orquestras sinfónicas como solistas do instrumento moderno, desenvolvem trabalho de pesquisa musicológica e realizam recitais a solo.

O Festival de Órgão do Algarve 2019 é organizado pela Associação Cultural Música XXI, com o apoio da Direção Regional de Cultura do Algarve e dos Municípios de Faro, Loulé, Tavira e Portimão. Conta ainda com apoio à divulgação da Região de Turismo do Algarve e com os parceiros de comunicação Antena 2, Sul Informação e Rua FM. São parceiros a Ordem do Carmo de Faro, o Cabido da Sé de Faro, as Paróquias de Portimão, Boliqueime e Tavira e a Misericórdia de Tavira.

You may also like...

Deixar uma resposta