Jornadas Sociais de Portimão debatem políticas e práticas em rede

No próximo dia 17 de novembro o Município de Portimão promove, pela primeira vez, as Jornadas Sociais, sob o mote ‘Políticas e Práticas em Rede’.

A iniciativa, realizada em parceria com a rede social do concelho, pretende lançar o debate sobre políticas e práticas de intervenção em áreas sociais tão importantes como ‘bullying’, sexualidade, demências, responsabilidade social ou sem-abrigo, e também identificar linhas orientadoras e inovadoras na construção de medidas de intervenção estruturantes e participativas.

As 1as. Jornadas Sociais de Portimão terão a participação de vários preletores com experiência nas diversas áreas do social e abordarão temas como os perigos para os jovens e novos desafios para os pais, a sexualidade, prevenção e intervenção na demência ao nível dos seniores, ou o desenvolvimento e apoio Social, entre outros.

 

Esta iniciativa, que se destina especialmente a professores, jovens e técnicos da área social, educação e saúde, terá lugar no Teatro Municipal de Portimão e contará, na sessão de abertura, com a presença da secretária de Estado para a Cidadania e Igualdade, Rosa Lopes Monteiro, e a participação da presidente da Câmara Municipal de Portimão, Isilda Gomes.

CONSELHO CRIADO EM 2000

Os interessados em participar poderão fazê-lo de forma gratuita, mas deverão efetuar inscrição através do seguinte link https://www.cm-portimao.pt/ijornadassociais e consultar o programa detalhado em https://tinyurl.com/Programa-Jornadas-Sociais.

O evento dará continuidade ao trabalho em rede que tem vindo a ser desenvolvido ao nível do Conselho Local de Ação Social de Portimão, constituído em 2000 e atualmente com 65 membros, envolvendo instituições particulares de solidariedade social, associações, entidades públicas e privadas, as quais têm tido um papel importante na produção de documentos de relevância, de que são exemplos o diagnóstico social e suas atualizações, o Plano de Desenvolvimento Social e, mais recentemente, os grupos de trabalho mais direcionados como a saúde, os idosos e a emergência social.

You may also like...

Deixar uma resposta