Lado B traz grandes nomes da música nacional a Silves

A rúbrica LADO B já tem concertos previstos até ao mês de dezembro de 2019. Assim, em outubro este formato regressa com a atuação de Miguel Gizzas, autor dos trabalhos ‘O dia em que o mar voltou’, ‘Até que o mar acalme’ e ‘Tempo ganho’. O autor do 1º Romance Musical do Mundo, explica que este conceito é «uma experiência vivida em vários canais». E reforça: «Assim como a banda sonora de um filme nos transporta para o sentimento que a história pretende narrar; assim como num musical a história é colorida pela música», quando escreve «pretende colorir os sentimentos que transmite não apenas com a escrita, mas também com as músicas que acompanham cada capítulo». Miguel Gizzas estará no Teatro Mascarenhas Gregório (TMG) a 11 de outubro, pelas 21h30. Os bilhetes estarão à venda a partir do dia 11 de setembro.

O nome que se segue é David Fonseca, que fará o seu espetáculo no Centro Pastoral de Pêra, no dia 8 de novembro, também às 21h30. O músico, natural de Leiria, está profundamente associado à banda a que deu voz, Silence 4, que se formou em 1998 e que terminou em 2002. Em 2003, David Fonseca lança o seu primeiro disco a solo, ‘Sing Me Something New’, onde explora novas facetas de compositor e intérprete. Em 2004, David participa no projeto Humanos, dando voz a temas inéditos de António Variações ao lado de Manuela Azevedo e Camané. Em 2005 lança ‘Our Hearts Will Beat As One’. ‘Dreams In Colour’ o terceiro trabalho de originais, lançado em 2007 em Portugal e em 2008 em Itália, na Grécia e em Espanha. Em 2009 sai ‘Between Waves’, o seu 4º disco a solo. David Fonseca reservou para 2012 um dos grandes desafios artísticos da sua carreira – relatar-nos um ano da sua vida através de canções. O resultado é ‘Seasons’, um trabalho que se divide em dois discos: ‘Rising’ e ‘Falling’.

O ano terminará em grande, com a presença de Berg, mais precisamente Teófilo Sonnenberg (Berg), que nasceu em Angola, cresceu no Porto e viveu na Suíça (onde fez parte da equipa nacional de snowboard e onde gravou o primeiro álbum aos 15 anos com a banda Pacemaker) e no seu regresso a Portugal integrou a banda de Rui Veloso onde permanece há 14 anos. O mesmo atuará no Teatro Mascarenhas Gregório, a 6 de dezembro, pelas 21h30.

Com inúmeras colaborações, entre as quais se contam artistas como Boss AC, Rita Guerra, Nuno Guerreiro, Pedro Abrunhosa e GNR, edita um primeiro álbum em 1999 (‘Berg’) e outro em 2008 (‘Mundo’). Venceu em 2014 o programa Factor X Portugal. No seu novo álbum, ‘Tempo’, o primeiro totalmente interpretado em português, continua a evidenciar a versatilidade vocal e o domínio de vários instrumentos. Atuará no TMG no dia 6 de dezembro, pelas 21h30.

 

You may also like...

Deixar uma resposta