Lagoa convida a participar em workshop ‘Bolas de sementes no combate à erosão’


No âmbito das comemorações do Dia Mundial da Ciência ao Serviço da Paz e do Desenvolvimento, propostas pela UNESCO a 10 de novembro, coincidente com o Dia da Bolota promovido por diferentes entidades, o Município de Lagoa, Algarve, convida toda a comunidade a passar o sábado de 9 de novembro, em família ou com amigos, no Centro de Interpretação da Natureza do Sítio das Fontes. 

‘Bolas de sementes no combate à erosão’ é o título de um workshop gratuito e aberto a todos os interessados em conservação da natureza. A erosão dos solos – por motivos naturais ou por ação por exemplo dos fogos florestais- pode ser contrariada com esta técnica simples e acessível a todos/as. A atividade terá lugar no Sítio das Fontes, Estômbar-Lagoa, durante o dia de 9 de novembro 2019, a partir das 9h00. A inscrição prévia é necessária e gratuita. Pode ser  feita por endereço eletrónico (sitio.fontes@cm-lagoa.pt) ou por telefone (282 380 456).

Desenvolvida pelo japonês Masanobu Fukuoka, a técnica das bolas de argila com sementes constitui uma interessante medida no combate à erosão e à desertificação, seja ela natural ou induzida após os incêndios florestais.

Esta técnica das ‘bolas de sementes’ distingue-se de outras técnicas por ser fácil e replicável, tanto em contextos informais como grupos de amigos ou voluntários, ou formais como escolas, escuteiros, entre outros. “A facilidade com que são produzidas as bolas de argila com sementes potencia um sentimento de responsabilidade e capacidade de intervenção coletiva, permitindo a cada cidadão/cidadã ajudar a mitigar problemas ambientais e contribuir para uma melhoria efetiva e eficaz da nossa casa-comum: a terra” asseguram os técnicos do Centro de Interpretação da Natureza do Sítio das Fontes. 

“A simples técnica de encapsular sementes em argila promove melhores condições para a germinação e o desenvolvimento de árvores e arbustos que, uma vez instalados, ajudarão a combater eficazmente a erosão dos solos, e a promover a biodiversidade” acrescentam ainda os mesmos especialistas.

Com esta iniciativa o Município de Lagoa pretende promover a aproximação das pessoas de todas as idades à natureza, em ambientes de convivialidade saudável potenciados pela aprendizagem de técnicas de conservação das paisagens e do planeta.

You may also like...

Deixar uma resposta