Lagoa e Empresários Pela Inclusão Social de mãos dadas

O Município de Lagoa e a Associação de Empresários Pela Inclusão Social (EPIS) assinaram, a 28 de novembro passado, no Auditório do Centro Cultural – Convento de S. José, um protocolo com um conjunto de parceiros educativos comerciais com o objetivo de motivar os jovens para a conclusão da escolaridade obrigatória.

Este projeto de mediação escolar desenvolvido em parceria com a EPIS e com o apoio de prestigiadas empresas que operam no concelho (Delta cafés, Glamour Hotels, Intermarché Lagoa-Carvoeiro, Golf Gramacho – Grupo Pestana, Regulconcrete, Slide & Splash e Títulos d` Água) dirige-se a adolescentes em risco de abandono escolar, envolvendo as suas famílias, pessoal docente, não docente e comunidade.

A intervenção surge no 3º Ciclo e ensino Secundário do Agrupamento de Escolas Padre António Martins de Oliveira e no 2º e 3º Ciclos do Agrupamento de Escolas Rio Arade, e consiste numa abordagem assente na investigação e com resultados comprovados pela EPIS noutros estabelecimentos de ensino do país.

Diogo Pereira e Andreia Ferreira, Diretor Geral da EPIS e Diretora do Programa, explicaram aos presentes que o projeto coloca em prática o uso de metodologias que contribuem para o desenvolvimento de competências como a motivação, a disciplina, a tenacidade, a autoestima, o autocontrolo e a confiança, ferramentas essenciais para o sucesso na vida. Este projeto consolida a estratégia de Lagoa como Cidade Educadora, preocupada e comprometida com a construção de uma sociedade mais justa e preparada para o futuro.

Para que este projeto se tornasse uma realidade, o Município de Lagoa contratou duas mediadoras escolares que, durante três anos, irão acompanhar individualmente os estudantes em situação de risco de abandono escolar, reforçando assim a sua motivação e contribuindo para a sua integração, realização e felicidade.

Luís Encarnação referiu, na altura, que este projeto é uma ferramenta fundamental para a criação de jovens mais qualificados, mais motivados e com maior nível de conhecimentos, precavendo a sua saída do concelho para a integração no respetivo mercado de trabalho. O Vice-Presidente agradeceu, por isso, a contribuição das empresas, no apoio financeiro ao projeto, bem como no seu papel enquanto futuros parceiros recetores de estágio.

Para além do Vice-Presidente, estiveram presentes Joaquim Pereira, Diretor Geral da EPIS, e os Diretores dos Agrupamentos de Escolas Padre António Martins de Oliveira e Rio Arade, Eduardo Luís e Luís Varela, respetivamente.

You may also like...

Deixar uma resposta