Monchique promove Festival do Medronho

FESTIVAL DO MEDRONHO

Entre 20 e 22 do corrente, os aromas, cores, texturas e potencialidades do medronho vão atrair ao concelho de Monchique os apreciadores do “ouro líquido da serra”, no maior festival dedicado a este fruto realizado em Portugal.

Promovido pela Câmara Municipal de Monchique, em parceria com a Associação de Produtores de Aguardente de Medronho e Confraria do Medronho e com a colaboração de várias entidades, o Festival do Medronho de Monchique vai decorrer no Heliporto Municipal, num espaço concebido propositadamente para o evento.

“Este certame surge num momento muito importante da afirmação do medronho de Monchique e por isso, reunimos a nata dos especialistas e estudiosos deste assunto, assim como os produtores e demais interessados na sua produção e comercialização, mostrando que aqui é onde se produz a melhor aguardente de medronho do mundo e por isso a Câmara Municipal tem apostado na criação de condições para que o mesmo seja também e cada vez mais um fator de desenvolvimento económico do concelho”, afirma Rui André, Presidente da autarquia local.

Apesar de já se terem realizado duas edições do Festival do Medronho, o mesmo decorria em simultâneo com a tradicional Feira do Presunto, assumindo por fim a autonomia e identidade de um evento somente dedicado única e exclusivamente a este produto e em moldes completamente diferentes do habitual.

No concelho regista-se a produção de aguardente de medronho há muitas décadas, atividade que assume presentemente um papel liderante em termos de produção, registando 80 destilarias de medronho legalizadas no território do concelho e cerca de 50 marcas desta afamada aguardente engarrafada.

O Festival contará com a participação dos produtores locais e de muitos convidados que durante os três dias do evento vão mostrar as múltiplas utilizações do fruto e a sua importância para a gastronomia e para a saúde, já que estarão presentes os autores do estudo da Universidade de Aveiro que destaca a inclusão do medronho numa dieta saudável.

Congresso sobre medronho

Do programa constam atividades direcionadas para o público em geral, tais como ‘showcookings’, concurso de ‘cocktails’, degustações, exposições e apresentações diversas, assim como reuniões comerciais, de promoção e divulgação, debates de esclarecimento e intervenções de entidades diversas e especialistas na matéria.

Marcarão presença garrafeiras, distribuidoras, universidades, associações e entidades do setor, empresas especialistas em marca e comunicação, associações de hotelaria, restauração e similares, produtores e demais interessados.

Anualmente será convidado um país ou local onde se produza aguardente por destilação, visando a troca de experiências em torno da produção e comercialização, potenciando assim o desenvolvimento de novas metodologias e melhorias aos mais variados níveis, a começar por Cabo Verde, representado por Sto. Antão, com a apresentação do grogue, uma aguardente de cana-de-açúcar, assim como a ponche, uma espécie de melosa com a utilização de mel.

Destaque ainda para o congresso “Medronho – um produtos de excelência”, a realizar no dia 20, que reunirá diversas entidades e especialistas conceituados que, pelo seu conhecimento científico e tecnológico, irão contribuir para a projeção do medronho nas suas múltiplas vertentes, para discussão e reflexão do medronho, onde se valorizará o passado deste produto e se projetará o seu futuro.

You may also like...

Deixar uma resposta