Orçamento Participativo de Lagoa arranca a 5 de março

A vila do Parchal receberá, no próximo dia 5 de março, a primeira assembleia relativa ao Orçamento Participativo de Lagoa para este ano.

Desde 2014, a Câmara de Lagoa tem promovido as condições e os mecanismos para a participação e diálogo dos munícipes, para o que dota anualmente 300 mil euros, verba que – em termos percentuais – chegou a ser uma das maiores do país para este efeito.

Na apresentação pública de algumas das propostas e devido à sua pertinência, Lagoa foi ainda mais além, reforçando a dotação inicial para que nenhuma proposta ficasse de fora, por falta de dinheiro.

Até à data foram entregues à população todas as obras concluídas, que a titulo de exemplo, englobam três parques geriátricos, uma ciclovia, uma parede de escalada, o abastecimento de água ao sítio da Canada, melhoria das acessibilidades na Vila de Estômbar, ou o projeto de mobilidade sustentável (bicicletas) localizado em Ferragudo, Carvoeiro e Senhora da Rocha.

Em 2018 a autarquia renova o desafio à participação, desta vez com o compromisso de Lagoa, sendo neste ano Cidade Educadora, dever assegurar uma maior promoção da participação ativa da população e a disseminação dos valores e das práticas de cidadania democrática.

Para facilitar o acesso dos interessados ao processo, na fase da apresentação de propostas, em reuniões públicas, a Câmara Municipal de Lagoa efetua seis assembleias participativas, sendo de notar que todas se iniciarão às 20h30.

É este o calendário: Parchal – sala de reuniões da antiga Junta de Freguesia –– 5 de março; Estômbar – sala de reuniões da Junta de Freguesia – 7 de março; Lagoa – sala de reuniões da Junta de Freguesia –  12 de março; Carvoeiro – Sociedade Recreativa 20 de Janeiro – 14 de março; Porches – Centro Cultural D. Dinis– 19 de março; Ferragudo – Casa do Real Compromisso Marítimo – 21 de março.

You may also like...

Deixar uma resposta