Percursos Performativos mostram património

Com ponto de encontro marcado no adro da Igreja Matriz de Lagoa, a 16 de novembro, pelas 21h00, o segundo trajeto dos Percursos Performativos vai revelar muitos pormenores da história e lendas, nomeadamente relacionadas com o Convento de S. José.

Durante hora e meia, passando pelo casco antigo da cidade esta ‘viagem no tempo’ será na sua maior parte no Convento de S. José, edifício construído no século XVIII e que serviu como recolhimento e assim funcionou durante mais de um século. Com a extinção das ordens religiosas, foi adaptado a colégio feminino e dirigido por uma congregação dominicana até à restauração da República.

Neste percurso, os participantes irão percorrer as ruelas adjacentes ao edifício, com um conjunto de interações que conduzem ao seu interior. Inspiradas na correspondência trocada entre as madres superioras do colégio e a fundadora da congregação, Teresa de Saldanha, as ‘performances’ preparadas para a iniciativa abordam a obra social, religiosas e pedagógica das irmãs, as rotinas, dilemas e episódios marcante da vida no convento e na então pacata vila de Lagoa. No final, haverá lugar para degustação de iguarias regionais.

Os bilhetes custam 7,5€ e podem ser adquiridos no Convento de S. José, Auditório Carlos do Carmo, Balcão Único da Câmara de Lagoa e em ticketline.pt, sendo que as participações estão limitadas a 80 pessoas. Refira-se que o evento Percursos Performativos do Património, iniciativa da Câmara Municipal, pretendem ser ‘viagens’ pela identidade do concelho de Lagoa, pelas memórias, contos e espíritos enraizados no imaginário coletivo das populações e contam com cinco edições em diferentes locais do concelho até meados de 2019. O próximo percurso será a 30 de março do próximo ano, em Porches.

You may also like...

Deixar uma resposta