Plano de Drenagem avança em Albufeira

TEXTO: VERA MATIAS

A primeira fase do Plano Geral de Drenagem, criado para evitar inundações na baixa de Albufeira, já está a avançar no terreno, com a criação de uma estação elevatória de águas pluviais, na Praça dos Pescadores.

É apenas uma das etapas, que para evitar maiores constrangimentos ao turismo em época alta será retomada depois do Verão, conforme explicou José Carlos Rolo, presidente da Câmara Municipal de Albufeira, à Algarve Vivo.

“Há um conjunto de obras a realizar, que fazem parte do Plano de Drenagem de Albufeira. Nesse plano, a obra principal é o túnel, sendo a empreitada maior, mas é só uma das partes. Se calhar é um décimo de uma intervenção muito abrangente”, justificou o autarca. Antes ainda foi efetuado um estudo, composto por um relatório relativo às sondagens efetuadas ao longo de todo o percurso do projeto, para que depois este possa ser iniciado.

A baixa esteve em obra, numa etapa que colocou dificuldades. “É difícil tendo em conta a altura que é, por causa do Verão, e que cria uma série de barreiras, obrigando ao faseamento da intervenção, que vai desde o Largo Duarte Pacheco ao Largo dos Pescadores”, admitiu José Carlos Rolo.

A estação elevatória permitirá que o que vier daquelas condutas, desde o Largo Duarte Pacheco, passando pelo Largo dos Reis e 25 de Abril, seja bombeado de forma eficiente. Uma das metas seguintes será ainda a ampliação dessas condutas.

“No próximo Inverno, a intervenção será feita nas ruas, e os estabelecimentos terão de encerrar durante cerca de um mês, pois serão obras muito difíceis.São no centro de uma cidade com muito movimento”, lamentou José Carlos Rolo.

Este sistema de bombagem evitará que a água se concentre nesta zona da cidade, em altura de maior precipitação. Já o túnel, outra das soluções do Plano de Drenagem custará mais de 15 milhões, terá 1,4 quilómetros e permitirá desviar caudal da ribeira de Albufeira para o mar, perto do Porto de Abrigo.

O presidente da Câmara Municipal, espera ver resolvido este ano o problema das inundações junto ao Inatel, tendo sido um dos objetivos das obras de mitigação dos riscos de inundação naquela zona da cidade, integradas no Plano Geral de Drenagem de Albufeira. A intervenção, que ascende aos 300 mil euros, começou no mês passado, é importante e urgente do ponto de visita do autarca.

“Esta é uma zona muito frequentada ao longo de todo o ano, quer por residentes, quer por turistas, e não podemos continuar a ter problemas como este, pois quando a pluviosidade se intensifica, aquela zona é bastante prejudicada. As pessoas queixam-se, com toda a razão e nós tudo faremos para solucionar esse problema”, prometeu. É um compromisso assumido para com o bem-estar da população.

Todo o Plano de Drenagem de Albufeira é composto por um vasto conjunto de soluções que pretende evitar problemas maiores como o que aconteceu em 2015 e que originou milhões de prejuízos na cidade, com uma cheia centenária.

You may also like...

Deixar uma resposta