Portimão estreia Prémio Municipal de Voluntariado


As comemorações do Dia Internacional do Voluntariado, que se celebra a 5 de dezembro, serão assinaladas em Portimão com a entrega do Prémio Municipal de Voluntariado e a realização da mesa-redonda ‘Voluntariado em Portimão – Um ato de cidadania’, marcadas para o auditório do Museu de Portimão.

O Prémio Municipal de Voluntariado, anunciado no Dia da Cidade em 2018, tem periodicidade anual e visa reconhecer, apoiar e distinguir as melhores práticas, promovendo o exercício de responsabilidade social e cidadania ativa, ao mesmo tempo que estimula a apresentação de programas inovadores, recorda a Câmara.

Esta distinção dirige-se à atuação voluntária de cidadãos e de entidades nas áreas de solidariedade e saúde, ambiente, economia social, educação e formação que promovam a melhoria da qualidade de vida das crianças, jovens, idosos, portadores de deficiência, sem-abrigo, migrantes, etnias e outros cidadãos em situação vulnerável, com relevante interesse social e impacto mensurável na vida dos destinatários. 

Na primeira edição foram admitidos a concurso oito projetos coletivos, que serão apresentados durante a entrega de prémios, marcada para as 17h30, no dia 5 de dezembro.

Durante a mesa-redonda, que terá início às 15h00, serão partilhadas as experiências locais da Associação Elos de Esperança -1980, pela sua presidente Maria Fernanda Cabral Teixeira, do Banco Alimentar do Algarve, pelo presidente Nuno Alves, do Projeto de Voluntariado da Cidade Europeia do Desporto 2019, por Helena Moreira, e do Projeto Corpo Europeu de Solidariedade – Dypall Network, pelos jovens voluntários David Cardoso (Portugal), Giovanni Macaluso (Itália) e Verónica Vismara (Itália).

A moderação da mesa-redonda estará a cargo de Diana Gomez, jornalista do ‘Correio da Manhã’, seguindo-se um debate aberto a todos os interessados.

A Associação Elos de Esperança – 1980, a funcionar em Portimão no Centro Hospitalar Universitário do Algarve, desenvolve o projeto ‘Hora da Partilha’, tendo acolhido em circuito hospitalar, de janeiro a outubro deste ano, um total de 88274 utentes, o que se traduziu em 20403 horas de trabalho voluntário. Conta com 108 sócios, mais 18 sócios honorários, na faixa etária dos 18 aos 84 anos, cujo trabalho diário visa humanizar os serviços, em parceria com a estrutura hospitalar.

Quanto ao Corpo Europeu de Solidariedade é a nova iniciativa da União Europeia dirigida aos jovens, dando-lhes a oportunidade de fazer voluntariado ou de trabalhar em projetos no próprio país ou no estrangeiro, em benefício de pessoas e comunidades. Portimão acolhe, pelo terceiro ano consecutivo e em estreita parceria com a Dypall Network, seis voluntários, oriundos de Espanha, Itália, Polónia e Turquia, que desenvolvem a sua principal atividade na Loja Ponto Já, Centro Comunitário da Cruz da Parteira e Dypall Network.

No que toca ao Banco Alimentar do Algarve, desde 2012 em Portimão, tem 55 voluntários na região e distribui em média dois milhões de produtos por ano, correspondendo aproximadamente a 2,5 milhões de euros. Essa distribuição é feita através de 106 instituições no Algarve e chega a  15100 pessoas.

Por fim, é de referir que o projeto Portimão – Cidade Europeia do Desporto possibilitou a muitos voluntários, ao longo deste ano, viverem experiências gratificantes, ao contactar com pessoas de outras proveniências, ampliando as suas relações sociais e desenvolvendo competências a nível pessoal, num espírito de participação e cidadania.

O encerramento das comemorações do Dia Internacional do Voluntariado estará a cargo da presidente da Câmara Municipal de Portimão Isilda Gomes.

You may also like...

Deixar uma resposta