Sérgio Godinho em encontro inédito com a Orquestra Clássica do Sul no Cine-Teatro Louletano

É já no próximo dia 8 de dezembro, sábado, pelas 21h30, que Sérgio Godinho apresenta o seu mais recente disco “Nação Valente” e outros temas incontornáveis do seu percurso musical, num encontro inédito em palco com a Orquestra Clássica do Sul.

Sérgio Godinho está de regresso ao Cine-Teatro Louletano. Um regresso motivado por um desafio lançado pela programação artística do Teatro – a realização de uma apresentação inédita com a participação da Orquestra Clássica do Sul ou, neste caso, de um ensemble daquela estrutura.

O desafio foi aceite e as expetativas são enormes, até porque, já em 2016, Sérgio Godinho havia colaborado com músicos locais aquando do concerto com o Ensemble de Flautas de Loulé, também essa uma proposta inovadora e inesperada. E se o percurso do “escritor de canções” tem sido marcado ao longo da sua carreira por passagens frequentes por Loulé, este convite reveste-se de caraterísticas especiais já que possibilitará uma nova abordagem à sua obra, dando (mais) uma nova vida às canções que nos têm acompanhado nas últimas décadas.

E que melhor momento para o fazer que no ano em que publica “Nação Valente”, o seu 18º trabalho de estúdio, um álbum que nos traz de volta ao conforto e à inquietação que Sérgio Godinho nos tem proporcionado ao longo da sua carreira? Afinal, olhar para a obra de Godinho é também descobrir uma parte significativa da nossa vivência, do nosso quotidiano, do amor, das lutas, das perdas e das alegrias. Uma nação, necessariamente valente, feita de vida.

Para esta apresentação com estes músicos de exceção, chamou o melhor e os melhores dos que o têm acompanhado nos últimos anos – para os arranjos para orquestra e ainda a participação especial ao piano, Filipe Raposo, pianista, compositor e arranjador com quem Sérgio realiza habitualmente concertos de voz e piano; e o núcleo duro dos inconfundíveis “Assessores”, dirigidos pelo talentoso Nuno Rafael, companheiro de palco e de estúdio há já quase duas décadas.

Em palco, às canções mais recentes que compõem o disco, juntar-se-ão outras, menos recentes, das mais e menos conhecidas, e que por certo enriquecerão o retrato desta “Nação Valente”.

O preço dos bilhetes é de 14 euros, passando para 12 euros no caso dos maiores de 65 e menores de 30 anos. O Cartão de Amigo é aplicável a este evento. O espetáculo tem uma duração aproximada de 90 minutos e dirige-se a maiores de 6 anos, sendo que têm entrada gratuita, mediante a disponibilidade da sala, os jovens com 18 anos ou que ainda venham a fazer 18 anos no presente ano no âmbito do projeto “És Cultura 18!”.

Para mais informações e reservas os interessados podem contactar o Cine-Teatro Louletano pelo telefone 289 414 604 (terça a sexta-feira, das 13h00 às 18h00) ou pelo email cinereservas@cm-loule.pt.

You may also like...

Deixar uma resposta