Virgílio Castelo representa em Loulé ‘O último dia de um condenado’

A peça ‘O último dia de um condenado’ sobe ao palco do Auditório Municipal de Albufeira no próximo dia 12 de maio, pelas 21h30, com interpretação de Virgílio Castelo.

Trata-se da adaptação de um texto original do dramaturgo francês Victor Hugo, publicado em 1862 e considerado um manifesto a favor da abolição da pena de morte.

A história versa as últimas horas de um homem que está no ‘corredor da morte’, com o fim iminente à sua espera. É uma crítica mordaz à pena de morte, onde o autor questiona a justiça por tamanha barbaridade que é tirar a vida a um ser humano, mesmo que seja culpado por um crime de sangue.

Esta obra teve repercussões em todo o mundo, contribuindo para a proibição da pena capital. Portugal foi o primeiro país da Europa a abolir a pena de morte e o romancista francês Victor Hugo referiu esse facto, congratulando o feito, ao escrever: “Portugal dá o exemplo à Europa, que imitará a vossa nação. Morte à Morte. Guerra à Guerra. Viva a vida! Ódio ao ódio! A Liberdade é uma imensa cidade da qual todos somos concidadãos”.

O espetáculo dirige-se a maiores de 12 anos e os ilhetes custam 5 euros, podendo ser adquiridos na Câmara de Albufeira, Biblioteca Municipal Lídia Jorge ou Auditório Municipal de Albufeira.

You may also like...

Deixar uma resposta