Adriano Jordão atua no TEMPO

Foto: D.R.

O quarto concerto do VII Festival Internacional de Piano, este sábado, 18 de fevereiro, às 19h00, marca o regresso do pianista Adriano Jordão ao Teatro Municipal de Portimão (TEMPO). No entanto, desta vez, será a primeira vez que toca com a Orquestra Sinfónica do Algarve, dirigida pelo maestro Armando Mota.

O pianista nasceu em Angola, em 1946, tendo estudado em Portugal. Em 1967, a Fundação Calouste Gulbenkian ofereceu-lhe uma bolsa que lhe permitiu viajar para os Estados Unidos da América com o objetivo de realizar um ano de estudos avançados. A carreira do artista levou-o a apresentar-se na Europa, na América do Norte e do Sul, em África e na Ásia.

Após ter-se estreado na América do Norte, com a ‘Kingsport Symphony’, no Tennessee, atuou em São Francisco, Washington, Boston e New York, no prestigiado Lincoln Center com a ‘New Orchestra of Boston’, sob a direção de David Epstein e também no ‘Carnegie Hall’, com a ‘Queen’s Symphony Orchestra’, sob a direção de John Neschling.

Os concertos de Adriano Jordão no Brasil, no México, na Venezuela, no Paraguai, em Cabo Verde, no Senegal, em Angola, em Moçambique, na Índia, na Tailândia, na China, na Coreia e no Japão obtiveram um grande sucesso quer na perspetiva do público, como da crítica. No percurso do artista destaca-se ainda a colaboração com grandes estrelas mundiais do canto como Ileana Cotrubas, Peter Schreier, Teresa Berganza, Katia Ricciarelli, Julia Hamari, Lella Cuberli e Alfredo Kraus.

Os bilhetes podem ser adquiridos online (tempo.bol.pt) e custam entre 12 euros, para o balcão, 15 euros para a segunda plateia e 20 para a primeira plateia. Maiores de 65 anos e estudantes, mediante apresentação de comprovativos junto da bilheteira do TEMPO, têm 50 por cento de desconto na aquisição de entrada.

Os interessados podem obter mais informações online (teatromunicipaldeportimao.pt) ou por telefone (282 402 475 ou 961 579 917).

You may also like...

Deixe uma resposta