Alice Laruça sobe ao pódio do Campeonato de Portugal de Juniores 

A jovem cavaleira Alice Laruça classificou-se em terceiro lugar no Campeonato Portugal de Juniores, em hipismo, que decorreu a 30 e 31 de julho, no Porto.

A posição conquistada assume maior importância, visto que, este foi o primeiro ano em que a atleta lagoense, com 15 anos celebrados no final de julho, competiu na categoria júnior, sendo a mais nova neste escalão. “Passou de saltar 1,30 metro para 1,45. Não parece muito, mas 15 centímetros, neste caso, fazem muita diferença”, sublinhou Patrícia Rocha, mãe da atleta, em declarações ao Lagoa Informa.

“A Alice é uma excelente desportista e já é reconhecida em diversos locais, incluindo na Europa”, destaca ainda a mãe, que acrescenta que o apoio da família e os patrocinadores têm sido fulcrais para a jovem se manter neste desporto.

“É muito caro, mas se houver uma boa aposta tem depois um grande retorno. No entanto, também há uma grande logística associada. Para irmos a esta competição no Porto, tivemos de fazer a viagem durante a noite, por causa do calor, e tivemos de ir com antecedência, pois os cavalos necessitam de, pelo menos, um dia para descansar. E há todo um conjunto de equipamentos que temos de levar. É uma logística complicada”, exemplifica ainda.

O próximo passo será um ‘estágio’ na Holanda, com um cavaleiro olímpico, que é o sétimo do ranking mundial. Será uma nova experiência que poderá abrir ainda mais os horizontes da estudante de 10º ano da ESPAMOL, integrada na Unidade de Apoio ao Alto Rendimento na Escola (UAARE), tendo já subido de grau. “Neste momento, passou para o nível dois do estatuto de competição. Quando viemos para Lagoa foi-nos apresentada esta Unidade e, sem dúvida, que fazem um trabalho extraordinário”, refere Patrícia Rocha.

A exigência da prática deste desporto, leva a que a atleta tenha de despender de quatro horas diárias para o hipismo. “Tem três cavalos, com os quais treina todos os dias, mas também trata deles”, reforça. Por esta razão a UAARE é uma mais valia no que toca a conciliar o desporto com os treinos.
Alice Laruça já competiu ao lado dos melhores e já acumula alguns pódios. É o caso do primeiro lugar no Campeonato Nacional de Juvenis, em 2021, ou o terceiro lugar no Nacional, em 2020, do 22º lugar no Campeonato da Europa.

Este ano não participou na prova europeia, porque tinha um cavalo novo, mas está incluída num projeto da Federação Equestre Portuguesa com objetivos para 2023. Em Vilamoura, já participou numa competição com os seniores, o ‘Grande Prémio do CSI2*’, numa prova de 1,40 metros, e ficou em quarto lugar. À sua frente ficaram nomes como António Matos de Almeida ou Duarte Seabra e o facto de entrar num espaço de prova, com grandes cavaleiros, levou a jovem à emoção, confidenciou a mãe, que espera que a nova experiência na Holanda seja uma vantagem para adquirir mais conhecimentos.

You may also like...

Deixe uma resposta