Lagos avança com valorização das ruínas romanas da Praia da Luz

A construção do Centro de Acolhimento ao Visitante do Balneário Romano da Praia da Luz vai ser adjudicado, conforme avançou a Câmara Municipal de Lagos esta semana.

A intervenção tem como propósito criar condições para a reabertura do monumento à fruição pública, incluindo o acesso a cidadãos com mobilidade condicionada. O programa do projeto, da autoria de Pedro Alarcão Arquitetos, inclui a criação de um edifício de acolhimento ao visitante, a implementação de percursos de visita hierarquicamente definidos, ações de conservação e consolidação das ruínas e a interpretação do edifício termal.

O edifício e o circuito de visita propostos têm assim como objetivo a dignificação do sítio arqueológico e a sua devolução à população, agora acompanhado de uma contextualização científica que desvela a história deste edifício termal e a sua integração num importante núcleo industrial de época romana.

Esta intervenção integra o projeto ‘Rota das Estações Arqueológicas de Lagos’ e a candidatura do município com a mesma designação que foi aprovada no âmbito do CRESC Algarve 2020. Representando um investimento elegível de 384 mil euros, será financiada a 70 por cento pelo FEDER.

You may also like...

Deixe uma resposta