ACRAL ajuda a criar 38 empresas em meio ano

image001

Em cerca de seis meses de atividade enquanto entidade credenciada para a prestação de apoio técnico à criação e consolidação de projetos, a ACRAL – Associação do Comércio e Serviços da Região do Algarve instruiu 38 candidaturas.

Desse total, sete projetos foram já aprovados, 13 estão a ser analisados pelo IEFP – Instituto do Emprego e Formação Profissional ou por entidade bancária e 18 encontram-se em fase de elaboração.

Os projetos aprovados representam um investimento superior a 100 mil euros e criaram nove posto de trabalho diretos.

Devidamente credenciada pelo IEFP, a ACRAL está a apoiar os desempregados inscritos no IEFP, ou outros públicos com especiais dificuldades de inserção no mercado de trabalho, na criação do seu próprio negócio e, consequentemente, autoemprego.

“O desemprego, infelizmente, continua a ser um dos principais problemas do país e o Algarve uma das regiões mais fustigadas, com uma taxa superior à média nacional”, lamenta o presidente da ACRAL. Segundo Álvaro Viegas, “o nosso contributo no combate ao chamado desemprego estrutural tem especial relevância na medida em que o autoemprego é muitas vezes a única alternativa”.

Numa primeira fase, a ACRAL presta apoio técnico à criação e estruturação do projeto, nomeadamente através da conceção e elaboração dos planos de investimento e de negócios.

Não menos importante, salienta Álvaro Viegas, “nos dois primeiros anos de atividade da empresa, a ACRAL faz todo o acompanhamento do projeto aprovado e presta consultoria à gestão e operacionalidade da iniciativa.”

Para o presidente da associaçãoi, “este acompanhamento é particularmente importante para o sucesso e a sustentabilidade dos negócios, uma vez que acrescenta conhecimento técnico – gratuito – à gestão e desenvolvimento da atividade”.

O financiamento dos projetos é garantido através de uma de quatro medidas: a antecipação das prestações de desemprego, o Programa Nacional de Microcrédito, o Programa Investe Jovem ou o Programa de Apoio ao Empreendedorismo e à Criação do Próprio Emprego.

You may also like...

Deixar uma resposta