Amigos de Lagos debatem sazonalidade e saturação turística

O próximo Encontro de 5ª Feira, promovido pelo Grupo de Amigos de Lagos, marcado para 6 de junho, às 17 horas, na Biblioteca Municipal Dr. Júlio Dantas, pretenderá analisar a sazonalidade e a saturação turística, quer na atualidade quer as perspectivas a curto e a médio prazos.

“A cidade das belas praias incrustadas na sua Costa d’Oiro, da baía com grandes acontecimentos náuticos, dos barcos descarregando o pescado no paredão da Ribeira, das pequenas lojas de artesanato local, das ruas libertas de esplanadas, de bancas e de animadores vários, do Museu sem igual, da Bienal de Arte, dos bons hotéis, das noites calmas e do contacto fácil entre visitantes e a população local, essa cidade pequena e acolhedora, por todos apontada como uma pérola num Algarve que cada vez se descaracterizava mais, ainda mantém seu charme, mas é altura de olhar a sério para certas modas que também a atraem”, defende o grupo.

O Grupo dos Amigos de Lagos argumenta que o turismo está dependente da sazonalidade e da procura externa, factores que não podem ser controlados, e que não podem preencher a totalidade do investimento local. Defende ainda que o turismo não pode atingir uma saturação que retire, à cidade e aos habitantes, o encanto, a criatividade e a autossuficiência necessários para vencer as dificuldades serão colocadas. Neste encontro, que durará uma hora, serão recolhidas opiniões e propostas, ponto de partida para uma reflexão sobre caminhos que deverão ser considerados com responsabilidade.

You may also like...

Deixar uma resposta