Carlos do Carmo nas comemorações dos 245 anos do concelho de Lagoa

Música, cultura e história marcam conjunto de iniciativas que assinalam data importante para lagoenses. 

RUI PIRES SANTOS

Lagoa festeja hoje, 16 de janeiro, 245 anos da criação do concelho, uma data histórica e importante que vai merecer uma comemoração especial, com um conjunto de iniciativas preparadas pela Câmara Municipal, de onde se destaca o concerto com o fadista Carlos do Carmo, no Centro de Congressos do Arade, no dia a 20, pelas 20h30.
No ano em que a autarquia declara Lagoa como ‘Cidade Educadora’, naquele que será o tema associado aos principais eventos a realizar em 2018, o mês de janeiro tem início com muitas iniciativas culturais e históricas, despertando para a identidade lagoense.
Assim, as comemorações começaram no passado sábado, dia 13, com a apresentação do livro ‘Horizontes de Azul’, de João Vasco Reis, na Igreja Matriz de Porches.
Entre as iniciativas a realizar neste dia 16 de janeiro (ver quadro), de destacar a atuação da Nova Filarmonia de Lagoa, que vai interpretar música da época da criação do concelho, a partir das 15h30, nos Paços do Concelho. Segue-se uma breve declaração aos lagoenses por parte do presidente da Câmara Municipal, Francisco Martins, sobre o 245º aniversário do concelho.
Pelas 16h00, decorrerá no salão nobre dos Paços do Concelho a conferência ‘Movimentos Sociais do Sul e da Cidadania: uma proposta de Museu para Lagoa’, num projeto já definido como prioritário por Francisco Martins e que deverá arrancar ainda este ano.

APRESENTAÇÃO DOS EVENTOS

No dia 20 de janeiro, o concerto com o fadista Carlos do Carmo será também um dos pontos altos destes festejos, com o espetáculo a realizar-se no Centro de Congressos do Arade, sensivelmente a partir das 21h00. Antes disso, pelas 20h30, Francisco Martins irá proceder à apresentação pública dos eventos e projetos âncora para 2018, ano em que a Educação vai constituir o tema predominante e o suporte a muitas das iniciativas promovidas pela autarquia.

‘CIDADE INTELIGENTE’ 

Ainda integrado nas comemorações, a 25 de janeiro será inaugurado o Centro de Operações ‘Lagoa, Cidade Inteligente’, no Parque de Feiras e Exposições, pelas 16h00. Para fechar o conjunto de iniciativas, no dia 27, pelas 15h30, será apresentado o Prémio Literário Santos Stockler 2018, na Quinta dos Vales, em Estômbar.
Este evento servirá também para a apresentação pública do livro que integra as menções honrosas de 2016 e contará ainda com a cerimónia de entrega dos prémios de 2017. Na oportunidade haverá lugar para alguns apontamentos de fado, a cargo de Teresa e Pedro Viola.

PROGRAMA

16 janeiro 
9h30 – Agrupamento de Escolas Padre António Martins de Oliveira de Lagoa
Presidente da Câmara oferece simbolicamente aos jovens do Ensino Secundário uma reprodução da Carta Régia de 1773, fundadora do concelho de Lagoa.

9h30 – Arquivo Municipal Exposição da Carta Régia

15h30 – Paços do Concelho de Lagoa
Nova Filarmonia de Lagoa interpreta música da época da criação do concelho.
Francisco Martins, presidente da Câmara Municipal, dirige-se aos lagoenses a propósito do 245º aniversário do concelho.

16h00 – Salão nobre dos Paços do Concelho
Conferência “Movimentos Sociais do Sul e da Cidadania: uma proposta de Museu para Lagoa”

20 janeiro 
9h30-17h00 – Convento de S. José e Auditório Municipal
Apresentação do Projeto de Escolas para a Educação Intercultural | Orquestra Intercultural Lagoa 2018-2019
Conferência: ‘Modelos e Abordagens Educativas: História, percursos e desafios’

20h30 – Centro de Congressos do Arade, Parchal
Apresentação pública dos eventos e projetos âncora para 2018
Carlos do Carmo – ‘Fado é Amor’

25 janeiro 
16h00 – Parque de Feiras e Exposições de Lagoa Inauguração do Centro de Operações ‘Lagoa, Cidade Inteligente’

27 janeiro 
15h30 – Quinta dos Vales, Estômbar
Prémio Literário Santos Stockler
Apresentação pública do livro que integra as menções honrosas de 2016; Cerimónia de entrega dos prémios de 2017; Apresentação da 3ª edição do Prémio Literário Santos Stockler
Apontamentos de fado por Teresa Viola e Pedro Viola

You may also like...

Deixar uma resposta