Ministro da Saúde promete “avaliação rigorosa” sobre funcionamento do SNS no Algarve

P1040016

O ministro da Saúde, Adalberto Campos Fernandes, assumiu ontem durante a audiência solicitada pela presidente da Câmara Municipal de Portimão, Isilda Gomes, que está em curso uma “avaliação rigorosa e transparente sobre os constrangimentos, dificuldades e problemas que enfrenta o SNS – Serviço Nacional de Saúde no Algarve”, incluindo nessa análise o próprio Centro Hospitalar do Algarve e que só depois serão definidos caminhos para a sua organização na região e fixado o modelo a seguir.

Durante o encontro, a autarca defendeu que “importa que o Hospital do Barlavento volte a disponibilizar os serviços e a desempenhar o papel central nos cuidados de saúde junto das populações, que vinha assegurando até julho de 2013, data da criação do Centro Hospitalar do Algarve e do propositado esvaziamento de valências e especialidades ocorrido nos hospitais de Portimão e Lagos.”

Neste encontro, o ministro da tutela afiançou ainda que o Algarve é uma “prioridade política para o Governo” e que brevemente entrará em funções a nova equipa que dirigirá o Centro Hospitalar do Algarve, “para que se ultrapasse esta fase difícil nos cuidados de saúde na região e de conflitualidade permanente” com os profissionais do setor.

O responsável governamental refutou ainda “todas as especulações que nos últimos dias foram intencionalmente colocadas a circular com o objetivo claro de incendiar a região e destruir o que por falta de tempo não conseguiram em três anos.”

You may also like...

Deixar uma resposta