OPTO atrai seis mil visitantes e bate máximos

Cerca de seis mil pessoas, mais meio milhar em relação à edição do ano passado, entre jovens, pais, encarregados de educação, professores e formadores, visitaram em Albufeira o OPTO – 6º Fórum de Educação e Formação do Algarve.

Durante três dias, estiveram representadas no evento várias instituições da área do ensino público e privado, de diferentes pontos do país, nomeadamente universidades, politécnicos, centros de formação, agrupamentos escolares, escolas profissionais, associações, autoridades policiais e de socorro e outras entidades ligadas ao ensino e à formação.

Os jovens da região do Algarve e alguns do Baixo Alentejo, sozinhos ou em visitas organizadas, acompanhados pelos respetivos professores, aproveitaram para recolher informação atualizada sobre a oferta educativa e formativa disponível nos 50 ‘stands’ que integraram o certame. Em paralelo ao espaço expositivo, o programa foi preenchido por um conjunto diversificado de atividades, que incluíram ‘workshops’, demonstrações gastronómicas e profissionais, música e dança, atividades desportivas, ‘shows’ interativos, experiências laboratoriais, apresentações cinotécnicas e equestres e muita animação. Nesta edição, foram de destacar duas novas atividades – o parkour e os percursos de orientação.

 

No final, o presidente da Câmara de Albufeira fez um balanço positivo, referindo que “o sucesso alcançado está bem patente no número de visitantes que ao longo dos três dias passaram pelo certame, mas também no envolvimento dos agrupamentos escolares do concelho, que – juntamente com os alunos – prepararam e protagonizaram a maior parte dos momentos de animação, no interior e exterior do recinto, os quais foram muito apreciados e serviram de motivação para que mais jovens, pais e amigos visitassem o evento”.

Para além da motivação dos jovens “para quem este evento é especialmente vocacionado”, José Carlos Rolo destacou a relevância da participação de algumas entidades institucionais como os bombeiros, que este ano, para além de terem uma viatura em exposição no exterior do recinto, onde os jovens podiam recolher informação, aproveitaram o momento para ensinar prevenção rodoviária, bem como da PSP e a GNR, “que todos os anos suscitam imensa curiosidade com as habituais demonstrações cinotécnicas e equestres.”

O autarca aproveitou para agradecer a colaboração dos parceiros (Direção Geral dos Estabelecimentos Escolares – Direção de Serviços da Região do Algarve e Instituto do Emprego e Formação Profissional), “que desde o primeiro momento acreditaram e se associaram à iniciativa, contribuindo para fazer do OPTO um evento de referência no sul do país, só ficando atrás, em termos de dimensão, de eventos como a Futurália, em Lisboa, e a Qualifica, no Porto.”

You may also like...

Deixar uma resposta