Algarve põe à prova a criatividade dos turistas com um conjunto de experiências

Agora, há um novo conjunto de experiências de gastronomia e artesanato que vão pôr os turistas em ação, numa troca ativa com as comunidades locais. São 20 no total e estão reunidas num catálogo que quer impulsionar o turismo criativo durante as férias no Algarve. 

Degustar vinagres, confecionar tiborna e xarém ou doce fino de amêndoa, aprender a trabalhar o esparto, cestaria em cana, moldar uma taça em barro ou fazer o tradicional azulejo português são alguns exemplos dos programas criativos que estão disponíveis para melhor conhecer o Algarve pelas próprias mãos, com a ajuda de chefes de cozinha, doceiras e artesãos da região.

Todos os programas podem ser combinados de acordo com as preferências de cada visitante, seguindo as novas dinâmicas do turismo social e ambientalmente responsável.

O catálogo ‘Turismo Criativo no Algarve’ está disponível para consulta e download na área multimédia do website visitalgarve.pt.

Segundo nota de imprensa da Região de Turismo do Algarve, o objetivo é convidar os visitantes a pôr as mãos na massa de forma artística, através de atividades que destacam os produtos agroalimentares e as artes e ofícios da região.   

A partir de agora, quem viajar para o sul do país terá assim oportunidade de desenvolver o seu potencial criativo ao participar em experiências autênticas, aprendendo sobre o património histórico e cultural da região pela voz dos residentes, criando uma cultura viva no destino de férias.

O novo catálogo foi desenvolvido no âmbito do projeto Algarve Craft & Food, dinamizado em parceria pela Região Turismo do Algarve, a Tertúlia Algarvia e a QRER (Cooperativa para o Desenvolvimento dos Territórios de Baixa Densidade), com o financiamento do programa operacional CRESC Algarve 2020.

You may also like...

Deixe uma resposta