Bastidor: Vereador e arquiteto vasculha os ‘seus’ projetos na Câmara

O comportamento de um vereador que é arquiteto de profissão está a provocar um grande mal-estar entre os trabalhadores da ‘sua’ câmara.

Ao que consta, o autarca tem por hábito pressionar os técnicos dessa autarquia quando os serviços não dão o andamento desejado a projetos assinados por um seu sócio.

Nessas alturas, entra pelo gabinete dos técnicos e vasculha os processos, com alguma conivência, vinda do passado, e já considerada normal por aqueles lados. E parece que esta é prática comum há muitos anos…

A questão é que isso não será muito ético.  Ou, por ser prática comum há anos, a ética já não se coloca?

You may also like...

Deixe uma resposta