CONSULTÓRIO DO CONSUMIDOR/DECO “Ir de férias sem preocupações: quais os conselhos da DECO?”

Delegação Regional do Algarve

A DECO INFORMA…
Antes de sair de casa: certifique-se que a casa fica segura
Durante o período de férias a sua casa fica mais vulnerável a assaltos e a acidentes.  Partilhamos algumas dicas para tornar a sua casa mais segura:
Tentar iludir os amigos do alheio

Dê a entender que a casa está ocupada: peça a alguém da sua confiança para, de vez em quando, retirar a correspondência da caixa do correio, acender as luzes ou abrir e fechar as janelas. 
Depois, e cumprindo a velha máxima de que “o segredo é a alma do negócio”, aconselhamos a que seja discreto

Informe que vai de férias apenas a quem for necessário. Evite “postar” que vai de férias nas redes sociais e isso inclui não publicitar selfies em locais de lazer. A regra de ouro é publicar o que aconteceu e não o que está a acontecer. 

Deve apostar numa boa fechadura – dica que é válida para todos os dias
Reforçar a fechadura da porta ou colocar grades nas janelas pode valer a pena. Um sistema de alarme é uma alternativa, mas lembre-se que lhe pode ser exigida uma fidelização que ultrapassa largamente o período de férias. Informe-se bem antes de tomar uma decisão.

Antes de arrendar casa para passar as férias:
Compare preços e programas antes de comprar
Há vários sites que permitem comparar custos, inclusivamente preços de aluguer de viatura e excursões turísticas. Cuidado nº1: compare primeiro os preços, vantagens, serviços anexos, formas de pagamento e condições de segurança em tempo de covid-19. 

A não esquecer:
Optando por marcar as suas férias através de um site na internet é importante que verifique se a empresa ou agência é credível. Por exemplo, se tem alguma morada física ou endereço de correio eletrónico, para que possa reclamar caso haja algum problema. 

Outro aspeto que não deverá descurar é exigir por escrito todas as informações antes de se vincular. Ou seja, é essencial que verifique o que está previsto para aquele contrato, quais os direitos que o consumidor tem, se inclui bebidas, se tem transporte… tudo. O objetivo é que fique salvaguardado caso algo não coincida com o que lhe foi vendido. 

É também importante verificar as condições para cancelamento, caso haja algum imprevisto que o impeça de viajar. 

Visite o site DECO.PT e siga as páginas de Facebook, Twitter, Instagram e Linkedin 

You may also like...

Deixe uma resposta