Lagos fez levantamento dos sistemas de saneamento e abastecimento de água, para aumentar a eficiência

A Câmara Municipal de Lagos procedeu ao levantamento das infraestruturas existentes dos sistemas em baixa de abastecimento de água e de saneamento de águas residuais.

Inserida no programa comunitário POSEUR – Programa Operacional Sustentabilidade e Eficiência no Uso dos Recursos, a operação, com um valor de investimento de cerca de 195 mil euros e cofinanciada pelo Fundo de Coesão em 100 mil euros, consistiu no levantamento e cadastro das redes existentes dos sistemas em baixa de abastecimento de água e de saneamento de águas residuais do município.

O objetivo é aumentar o grau de conhecimento destas infraestruturas, num total de 52,38 km de extensão da rede de saneamento de águas residuais e de 58,40 km de extensão da rede de abastecimento de água. 

A primeira fase do levantamento cadastral das infraestruturas existentes foi realizado na área do Plano de Urbanização de Lagos, uma zona consolidada da cidade de Lagos, onde se concentra a maior parte da população do município. A segunda fase ampliou a área georreferenciada para a zona urbana da cidade.

Os trabalhos permitiram georreferenciar planimetricamente e em profundidade a rede de infraestruturas municipais, estabelecendo também um programa de registo das intervenções de manutenção e atualização das plantas e registos informáticos em Sistema de Gestão Territorial.

You may also like...

Deixe uma resposta