Portimão aposta na melhoria da rede do ‘Vai e Vem’

O sistema de transportes e a rede ‘Vai e Vem’ sofrerá alterações já partir de 1 de agosto, de forma a melhorar a qualidade do serviço prestado aos cidadãos. Há ainda outras medidas previstas no contrato de concessão que serão implementadas ao longo de todo o período em que este vigorar.

Ao Portimão Jornal, José Cardoso, vereador da autarquia com este pelouro, explicou que “a rede foi estudada para ser otimizada, dentro de um pressuposto de manutenção do número atual de quilómetros em extensão”. Ou seja, as alterações não são ao nível de supressão de linhas, mas de redução da sinuosidade dos percursos, que passam, nalguns casos, a ser mais diretos e sem tantas ‘voltinhas’ pelo concelho. Este reajuste, segundo o responsável, “permitiu ganhar margem para efetuar melhorias, sobretudo ao nível do reforço da rede em zonas que há muito eram reivindicadas pela população”.

Na prática, a rede é a mesma e não cria grandes alterações aos utilizadores habituais, nem uma revolução. “Portimão já tem um sistema que pode ser melhorado, adaptando-o às necessidades. Não vamos transformar nada radicalmente”, defendeu ainda.

Esta alteração levará, por exemplo, a um reforço da oferta na Ladeira do Vau, no Malheiro e Companheira, Montes de Alvor, aos fins de semana e feriados, à introdução de serviços noturnos, entre o Largo do Dique e Alvor, via praias.

Novo regime
Uma das apostas fortes deste novo contrato de concessão para a escolha do operador do serviço público de passageiros teve como base alguns critérios legais, além de concretizar objetivos estratégicos, como é o caso da promoção da melhoria da eficiência e da eficácia do transporte, da transferência de viagens para modos de transporte mais limpos e eficientes, da necessidade de garantir um sistema de acessibilidades e transporte mais inclusivo.

Outro dos objetivos será ainda reduzir o impacte negativo do sistema de transportes sobre a saúde e a segurança dos cidadãos, em particular os mais vulneráveis, e baixar a poluição atmosférica, o ruído, as emissões de gases com efeito de estufa e o consumo de energia, contribuindo para a descarbonização dos transportes em Portimão.

Uma frota limpa de poluição
É condição deste contrato que na frota, composta por 26 viaturas, passem a existir, no início, dez veículos elétricos, estando previsto mais oito até ao final, o que levará a que Portimão tenha um sistema com 70 por cento de viaturas sem propulsão a combustíveis fósseis, conforme esclareceu o vereador.

Além desta novidade, toda a frota terá ligações à internet, via wifi, e, no futuro, está prevista a implementação de novos abrigos, com entrada USB, para carregamento de dispositivos móveis.

A criação de um ‘helpdesk’ que permita responder a dúvidas e resolver questões relacionadas com o funcionamento dos cartões e com a oferta de transportes é outra das medidas que, surgirá a par da disponibilização da informação sobre o ‘Vai e Vem’ em tempo real, para que os utilizadores saibam se o autocarro está atrasado ou não. Esses dados já podem ser consultados no site e na aplicação do ‘Vamus’. Entretanto, segundo José Cardoso, já estão a ser substituídos os postaletes, que terão informação ao público.

Mais postos de venda
Os bilhetes têm vindo a sofrer algumas alterações para facilitar a vida aos utilizadores. Está previsto neste contrato de concessão, o aumento do número de postos de pré-venda e de carregamento automático, a disponibilização de soluções que permitem o carregamento de títulos mensais no multibanco ou de uma aplicação para smartphone, sendo ainda disponibilizado um planeador de viagens para dispositivos móveis.
Outra das inovações é o sistema de bilhética sem contacto, que permita, inclusive, a validação com smartphone.

“Estas alterações a nível dos títulos e cartões de transporte, com esta tecnologia associada, permitirá aferir em tempo real qual a procura dos utilizadores em cada paragem e perceber em concreto e em que altura a pressão existe, para que se vá melhorando a rede ao longo da operação”, avança.

Esta premissa aumenta a exigência de uma operação, na qual a Câmara de Portimão investirá, a par do operador, num risco partilhado. Por esta razão, o serviço deverá sempre ir crescendo a nível de qualidade para a população.

Principais alterações

⇨ Linha 12 | Gare Rodoviária – Montes de Alvor
A oferta será reforçada à hora de almoço, o percurso será simplificado na zona da Bemposta e será alterado o final, entre a Rua das Hortas e a Gare rodoviária

⇨ Linha 16 | Largo do Dique – Montes de Alvor (via Quatro Estradas)
Passa a existir transporte ao domingo

⇨ Linha 21 | Mexilhoeira Grande – Secundária Poeta António Aleixo
Esta linha será restruturada, com a divisão em três circuitos diferentes, o nascente, poente e sul, substituindo o atual modelo em forma circular. Quem mora numa determinada zona tem de percorrer quase toda a linha para chegar ao destino, como é o caso de alunos que saem à hora de almoço e chegam a casa quase a meio da tarde. Esta divisão em três percursos levará a um aumento da frequência de passagem

⇨ Linha 31 | Largo do Dique – Gare Rodoviária de Portimão
Será criada uma nova centralidade no percurso com ligação à Gare Rodoviária de Portimão, sendo alvo de um reforço da frequência

⇨ Linha 32 | Largo do Dique – Hospital
O percurso será simplificado, com criação de ligações mais diretas entre o centro de Portimão e o CHUA,
com reforço significativo do número de circulações

⇨ Linha 34 | Companheira – Escola 2,3 e Secundária da Bemposta
Haverá uma simplificação do percurso na zona da Quinta das Oliveiras

⇨ Linha 37 | Praça Manuel Teixeira Gomes – Ladeira do Vau
O percurso será desdobrado, em vez da atual configuração ‘circular’, à qual acresce a introdução da oferta ao domingo, com adoção de horários praticados ao sábado

⇨ Linha 1P | Largo do Dique – Alvor (via Praias)
A linha será reforçada ao sábado, com adoção dos horários de domingo, além de reforço ao final da tarde e à noite, nas férias letivas, para responder a quem se desloca por lazer ou quem trabalha na restauração e hotelaria

You may also like...

Deixe uma resposta